Funcionários terceirizados

a) Casos suspeitos de COVID-19:  Sendo funcionário terceirizado, comunicar ao fiscal e ao supervisor das atividades na UFSC para ser afastado das atividades presenciais imediatamente. Orienta-se que procure atendimento médico para o devido esclarecimento diagnóstico e entre em contato com a Central de Atendimento aos casos de Coronavírus da respectiva cidade de residência. Todos os laudos e atestados de saúde que forem recebidos pelo funcionário devem ser enviados ao fiscal, que deverá encaminhar ao supervisor das atividades na UFSC. 

Clique aqui para ver o contato de atendimento aos casos suspeitos ou confirmados de COVID da sua localidade.

b) Casos confirmados de COVID-19: Casos confirmados de COVID-19 devem manter isolamento de, no mínimo, 14 dias, a contar da data do início dos sintomas.

Se você é Supervisor de Funcionário que esteja realizando atividade presencial na UFSC e que esteja com suspeita ou confirmação de COVID, clique aqui.