FAQ

Clique na dúvida para ser direcionado a resposta:

1.Quem deve retornar em 04 de abril de 2022?
2.O uso de máscaras é obrigatório?
3.Como se dará o registro da frequência dos servidores técnico-administrativos em educação na Fase 3?
4.As atividades presenciais de ensino retornam?
5.Como fica o atendimento ao público externo?
6.Como será feito o controle da exigência de comprovante de vacinação ou teste negativo para COVID-19?
7.Quais são os tipos de testes de COVID-19 aceitos pela Anvisa, para fins de retorno presencial na UFSC?
8.Como devo proceder com relação aos Ciclos Vacinais?
9.Sou impedido de me vacinar por motivo da minha comorbidade, o que devo fazer?
10.Segundo o calendário de vacinação deveria tomar a segunda dose, no entanto, por motivo de ter contraído COVID-19 (ou outra doença) há pouco tempo não posso tomar a nova dose agora. O que devo fazer?
11.Tomei apenas a 1ª dose da vacina e não posso ainda tomar a próxima dose devido ao período de intervalo exigido entre as doses. Como faço para retornar às atividades presenciais até que possa tomar a nova dose da vacina?
12.Estou em afastamento/licença/férias, e por isso, sem exercer atividades presenciais. Devo mesmo assim apresentar o comprovante de vacinação/testes de COVID-19 ?
13.No ConecteSus minhas doses de vacinação estão desatualizadas, o que posso fazer?
14.Registrei o comprovante de vacinação errado no sistema (por exemplo: esqueci de adicionar o verso), e agora não consigo adicioná-lo corretamente, pois ele diz que precisaria registrar outra dose de vacina. O que devo fazer?
15.As Chefias da UFSC já podem verificar cadastros de vacinação e testagem das suas equipes?
16.Possuo cargo de chefia (FG), mas não estou tendo acesso à situação e panorama vacinal de minha equipe, como faço?
17. Alguém de minha residência está com suspeita ou confirmação de COVID-19, o que devo fazer?

Respostas às questões:

Quem deve retornar ao trabalho presencial em 04 de abril de 2022?

Todos. Conforme a Portaria Normativa nº 430/2022/GR, que considerou todas as atividades acadêmicas e administrativas da UFSC como atividades essenciais, ficam extintos os grupos de risco definidos pela Instrução Normativa SGP/SEDGG/ME nº 90, de 28 de setembro de 2021 e Portaria Normativa 413/2021/GR. Os servidores que ainda estiverem em trabalho remoto até o dia 3 de abril de 2022 deverão retornar às atividades presenciais no dia 4 de abril de 2022.  Não é necessário que esses servidores encaminhem nenhum tipo de autodeclaração de saída de grupo de risco, pois será registrado automaticamente nos sistemas o fim dessa situação.

Orientamos ainda que os servidores que estão retornando às atividades presenciais procedam conforme as orientações do site https://prodegespcoronavirus.ufsc.br/orientacoes-para-servidores-com-ou-sem-comprovacao-vacinal/   

 O uso de máscaras é obrigatório?
Sim. A UFSC forneceu para todos os(as) servidores(as) docentes e TAES, quantidade de máscaras PFF2, reutilizáveis, que devem ser empregadas durante todo o tempo de permanência nos ambientes de trabalho. No caso de atividades que impliquem circulação em espaços abertos ou demandem esforço físico, desde que mantido o distanciamento entre as pessoas, o uso de máscaras pode ser flexibilizado. As Unidades deverão dar sequência na aquisição de máscaras PFF2 para os servidores, seguindo as atas de compras vigentes do DCOM/PROAD. 

 Como se dará o registro da frequência dos servidores técnico-administrativos em educação que na Fase 3?
Conforme Portaria Normativa nº 43/2014/GR, o registro diário de frequência nesta Universidade é realizado pela folha ponto, retornando para uso dos servidores técnico-administrativos em educação a partir de 14/02/2022. Sendo assim:

  • Na Fase 03, com o retorno ao trabalho presencial por todos os servidores técnico-administrativos em educação, a folha ponto será de uso por todos, sem restrições, assim como era antes da pandemia.

 As atividades presenciais de ensino retornam?
Aa aulas do Colégio de Aplicação e NDI retornaram ao presencial nos dias 10 e 14 de fevereiro de 2022. Alguns programas de Pós-graduação retornaram com aulas presenciais em março e outros em abril. No caso da Graduação, o retorno presencial ocorreu em 18 de abril de 2022.

 Como fica o atendimento ao público externo?
O atendimento será prestado seguindo todos os protocolos sanitários. O uso de máscara é obrigatório para servidores e para o público externo.

 Como será feito o controle da exigência de comprovante de vacinação ou teste negativo para COVID-19?
Desde 07 de fevereiro de 2022, todos os servidores docentes e técnico-administrativos em educação, professores substitutos e servidores temporários, professores visitantes, professores colaboradores e voluntários, empregados públicos anistiados, pesquisadores e/ou bolsistas de pesquisas, trabalhadores terceirizados e estagiários, devem acessar o link https://setic.ufsc.br/vacina/, respeitado o contido na PORTARIA NORMATIVA Nº 422/2022/GR. 

As chefias de cada setor serão notificadas (por e-mail) pelo sistema quanto aos(às) servidores(as) que, eventualmente, não tenham inserido no sistema os comprovantes de vacinação ou testes nos prazos exigidos. Nestes casos, o(a) servidor(a) não poderá acessar o ambiente de trabalho. Para procedimentos no caso de recusa, deverá ser observado o contido na PORTARIA NORMATIVA Nº 424/2022/GR.

 Quais são os tipos de testes de COVID-19 aceitos pela Anvisa, para fins de retorno presencial na UFSC?
Considerando as orientações da Equipe Médica da Medicina do Trabalho da UFSC, o servidor poderá apresentar Testes RT-PCR, RT lamp ou Teste de Antígeno. Não serão considerados os testes de imunidade (IgG, IgM, etc).

Como devo proceder com relação aos Ciclos Vacinais?
Considera-se ciclo vacinal completo a quantidade total de doses orientadas por cada fabricante, ou seja duas doses de vacina (Coronavac, Pfizer, Astrazeneca) ou uma dose de vacina (Janssen). Recomenda-se que o servidor também faça as doses de reforços.
O servidor que não tiver tomado ainda todas as doses de sua vacina, deve providenciá-las atentando-se para o calendário do seu município, e proceder conforme o PNV/MS, que estabelece os seguintes intervalos entre doses:

Segunda dose  do Ciclo Vacinal Dose de reforço (Recomendável) Imunodeprimidos
AstraZeneca: 12 semanas após a primeira dose AstraZeneca: quatro meses após a segunda dose Coronavac, Pfizer e AstraZeneca: dose adicional 28 dias após a segunda dose e reforço após 4 meses da terceira dose
Coronavac: 28 dias após a primeira dose Coronavac: quatro meses após a segunda dose Janssen: segunda dose dois meses após a primeira dose e reforço quatro meses após a segunda dose
Pfizer: oito semanas após a primeira dose Pfizer: quatro meses após a segunda dose
Janssen: dois meses após a primeira dose

No sistema de atualização dos dados da vacina (orientações em https://setic.ufsc.br/vacina/) devem ser informadas as datas das doses e anexados os devidos comprovantes. Caso na data de retorno presencial o(a) servidor(a) tenha o ciclo ainda incompleto, deve inserir informações referentes às datas das doses já recebidas e as datas previstas para as doses subsequentes e, findo o prazo do calendário vacinal, uma vez completado o número de doses recomendada, atualizar as informações a cada dose recebida com relação às datas e respectivos comprovantes.

 Sou impedido de me vacinar por motivo da minha comorbidade, o que devo fazer?
O servidor deve encaminhar e-mail para  vacinados.das@contato.ufsc.br falando de sua situação e anexar seu atestado que será analisado pela Comissão Médica Designada. Os servidores impedidos de vacinação por condição médica que tiverem encaminhado seu atestado para análise deverão manter sua situação regular no sistema enquanto aguardam o retorno da Comissão Médica Designada, apresentando testes de COVID-19 a cada 5 (cinco) dias úteis caso estejam com o ciclo vacinal com doses vencidas.

 Segundo o calendário de vacinação deveria tomar a segunda dose, no entanto, por motivo de ter contraído COVID-19 (ou outra doença) há pouco tempo não posso tomar a nova dose agora. O que devo fazer?
Nesse caso, o(a) servidor(a) pode retornar ao trabalho presencial (finalizado o prazo de licença para tratamento de saúde), sem a necessidade de apresentar os testes de COVID-19 a cada cinco dias úteis, até a data em que esteja autorizado(a) a tomar a próxima dose da vacina. Caso o(a) servidor(a) não tome a nova dose na data correta, passando a ser considerado em situação irregular, o(a) servidor(a) terá a oportunidade de justificar sua situação quando for notificado(a) pelo sistema (por e-mail). As orientações para regularizar sua situação serão informadas na própria notificação/e-mail que o(a) servidor(a) receberá.

 Tomei apenas a 1ª dose da vacina e não posso ainda tomar a próxima dose devido ao período de intervalo exigido entre as doses. Como faço para retornar às atividades presenciais até que possa tomar a nova dose da vacina?
Nesse caso, o servidor pode retornar ao trabalho presencial, sem a necessidade de apresentar os testes de COVID-19 a cada cinco dias úteis, até a data em que esteja autorizado a tomar a nova dose da vacina. Caso o servidor não tome a nova dose na data correta, serão tomadas as providências cabíveis, passando a ser considerado em situação irregular.

 Estou em afastamento/licença/férias, e por isso, sem exercer atividades presenciais. Devo mesmo assim apresentar o comprovante de vacinação/testes de COVID-19?
Se o afastamento do servidor das atividades presenciais for integral, a apresentação do comprovante vacinal pode ser feita no sistema (https://setic.ufsc.br/vacina/ ) até o dia anterior à data de seu retorno presencial. Porém, é recomendável que o faça o quanto antes, se possível. Caso o servidor tenha optado por não se vacinar deve apresentar os testes de COVID-19 a cada 5 dias úteis, iniciando apresentação dos testes no sistema no dia anterior à data de seu retorno presencial ( https://setic.ufsc.br/examecovid/ ).

 No ConecteSus minhas doses de vacinação estão desatualizadas, o que posso fazer?
O servidor pode solicitar a atualização de seu certificado de vacina digital no ConecteSUS em Florianópolis através do link bit.ly/conectsusvacina  ou do e-mail  registrovacina.floripa@gmail.com . Além disso, é possível apresentar no sistema foto de frente e verso do comprovante de vacinação físico, não havendo necessidade de aguardar a atualização pelo ConecteSUS.

 Registrei o comprovante de vacinação errado no sistema (por exemplo: esqueci de adicionar o verso), e agora não consigo adicioná-lo corretamente, pois ele diz que precisaria registrar outra dose de vacina. O que devo fazer?
O(A) servidor(a) deve informar novamente a data da última dose no sistema (https://setic.ufsc.br/vacina/ ), e fazer juntamente o upload do documento da forma correta e completa (frente e verso, por exemplo). Posteriormente será feita a correção na base de dados do sistema.

 As Chefias da UFSC já podem verificar cadastros de vacinação e testagem das suas equipes?
Sim. A chefia deve acessar o Painel do Panorama Vacinal, no Sistema ADRHWeb (link: https://adrh.sistemas.ufsc.br/meuadrh/restrito/equipe/painel-vacinacao-covid19/index.xhtml ). A ferramenta permite visualizar as pessoas da equipe que estejam com doses em atraso da vacina, ou que não tenham cadastrado nenhuma dose. O acesso é restrito a servidores com cargos de chefia.

 Possuo cargo de chefia (FG), mas não estou tendo acesso à situação e panorama vacinal de minha equipe, como faço?
No momento o acompanhamento da situação do cadastro vacinal das equipes está disponível apenas para as chefias que possuam CD.

 Alguém de minha residência está com suspeita ou confirmação de COVID-19, o que devo fazer?
Deverá acessar o site https://prodegespcoronavirus.ufsc.br/servidores-lotados-na-ufsc/ e proceder com as orientações descritas para os casos de Coabitação.